Quinta-feira, 13 de Setembro de 2007

Retrovisor - Raimundo Fagner

Composição: Fausto Nilo

Onde a máquina me leva não há nada
Horizontes e fronteiras são iguais
Se agora tudo que eu mais quero já ficou pra trás

Qualquer um que leva a vida nessa estrada
Só precisa de uma sombra pra chegar
A saudade vai batendo e o coração dispara

Mas de repente
a velocidade chora
Não vejo a hora de voltar pra casa
A luz do teu olhar no fim do túnel
E no espelho a minha solidão

O céu da ilusão que não se acaba
A música do vento que não pára
Será que a luz do meu destino vai te encontrar

Vejo a manhã de sol entrando em casa
Iluminando os gritos das crianças
Os momentos mais bonitos na lembrança não vão se apagar

Ai quem me dera encontrar contigo agora
E esquecer as curvas dessa estrada
Eu prefiro sonhar com os rios e lavar minh'alma

Alguém sentando à beira do caminho
Jamais entenderá
o que é que eu sinto agora
Sou levado pelo movimento que tua falta faz

Havia tanta paz no teu carinho
Na despedida fez um dia lindo
Quem sabe tudo estará sorrindo
Quando eu voltar

Vejo a manhã de sol entrando em casa
Iluminando os gritos das crianças
Os momentos mais bonitos na lembrança não vão se apagar


Ai quem me dera encontrar contigo agora
E esquecer as curvas dessa estrada
Eu prefiro sonhar com os rios e lavar minha alma

Alguém sentando à beira do caminho
Jamais entenderá o que é que eu sinto agora
Sou levado pelo movimento que tua falta faz

Havia tanta paz no teu carinho
Na despedida fez um dia lindo,
Quem sabe tudo estará sorrindo
Quando eu voltar...
Quando eu voltar...
Quando eu voltar...
Quando eu voltar...

O QUE TEMOS NO BAÚ...:
Publicado por Tatiane Lima às 02:46
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS
Sábado, 28 de Julho de 2007

Último Trem - Fagner

Composição: Fagner & Fausto Nilo

Ja chorei na estrada da vida
esquecido no último trem
procurando em estradas perdidas
os pedaços do meu querer bem

Gavião, caçador na cidade
meu olhar voou sem direção
procurando a estrela da tarde
sobre as pedras azuis do sertão

Só Deus e o diabo sabiam
Quantas léguas da terra pro céu
E a dor que o sol escondia
sob o meu chapéu
A vagar como ave sem ninho
no inverno eu te procurei
Muito além do céu dos passarinhos
Eu te procurei

Vi o sol, vi o mar, vi a relva
Vi a selva do nosso país
Via a lua na curva da serra
Vi a terra com o povo infeliz

É o azul que atrai minha terra
No deserto do teu coração
Sem o grito das ruas em guerra
Sem meninos com pedras na mão

Nesse instante, ó terra querida
Ainda estou procurando por ti
Essa felicidade é uma lenda
Que me faz partir
Pra quem sabe o lugar de onde venho
É tão claro onde quero chegar
No deserto desse novo mundo
Eu vou te encontrar

O irmão quer a felicidade
Que aparece na televisão
Para poucos toda essa paisagem
Para muitos, muito pouco chão

A paixão que enlouquece os meus dias
Adormece nos olhos de alguém
Amanhece na minha alegria
E anoitece no último trem

Como o rio que nasce na serra
E o mar no sertão
A estrada do amor quando erra
Doi no coração

O QUE TEMOS NO BAÚ...:
Publicado por Tatiane Lima às 23:15
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS
Domingo, 17 de Junho de 2007

Canteiros

 

Composição: Fagner / sobre poema de Cecília Meireles

Quando penso em você fecho os olhos de saudade

Tenho tido muita coisa, menos a felicidade

Correm os meus dedos longos em versos tristes que invento

Nem aquilo a que me entrego já me traz contentamento

Pode ser até manhã, cedo claro feito dia

Mas nada do que me dizem me faz sentir alegria

Eu só queria ter no mato um gosto de framboesa

Prá correr entre os canteiros e esconder minha tristeza

Que eu ainda sou bem moço prá tanta tristeza

E deixemos de coisa, cuidemos da vida,

Pois se não chega a morte ou coisa parecida

E nos arrasta moço sem ter visto a vida.

O QUE TEMOS NO BAÚ...:
Publicado por Tatiane Lima às 19:19
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS

"E as lágrimas que choro, branca e calma, Ninguém as vê brotar dentro da alma! Ninguém as vê cair dentro de mim!" FLORBELA ESPANCA

Ganhe dinheiro postando artigos

QUEM SOU...

REVIRAR O BAÚ

 

Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


BAÚ ATUALIZADO

Retrovisor - Raimundo Fag...

Último Trem - Fagner

Canteiros

ENCONTRE NO BAÚ

O QUE TEMOS NO BAÚ...

todas as tags

ÁREA VIP

Boa Sorte / Good Luck

Kid Abelha - Grand Hotel

APENAS MAIS UMA DE AMOR -...

FESTIVAL DE INVERNO BAHIA...

Lenine - Hoje eu quero sa...

Capital Inicial - Primeir...

Todo azul do mar

Flavio Venturini e Beto G...

EXPRESSOS

subscrever feeds

FLASHS DO BAÚ

As imagens POSTADAS aqui foram retiradas da Internet, as que tem autor o nome está divulgado na area de comentário. ás demais se houver autor é só deixar o comentário que eu divulgarei o nome com o maior prazer. Bjs a todos


O meu Blog, "o Báu de Músicas", era denominado " Músicas e Desejos", quando criei tive em mente o objetivo de postar letras de músicas que fazeram, fazem e farão parte de minha vida. O objetivo é o mesmo, mas de nova roupagem. ESPERO QUE GOSTEM! Bjus Tati

Faça a sua parte

ENTRE E COMENTE... TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO BEM VINDOS!!!

SE NÃO ENCONTROU SUA MÚSICA, DEIXE O SEU PEDIDO!