Sábado, 2 de Fevereiro de 2008

Nos Bailes da Vida - Milton Nascimento

Composição: Wagner Tiso / Milton Nascimento

Foi nos bailes da vida ou num bar
Em troca de pão
Que muita gente boa pôs o pé na profissão
De tocar um instrumento e de cantar
Não importando se quem pagou quis ouvir
Foi assim

Cantar era buscar o caminho
Que vai dar no sol
Tenho comigo as lembranças do que eu era
Para cantar nada era longe tudo tão bom
Até a estrada de terra na boléia de caminhão
Era assim

Com a roupa encharcada e a alma
Repleta de chão
Todo artista tem de ir aonde o povo está
Se for assim, assim será
Cantando me disfarço e não me canso
de viver nem de cantar


O QUE TEMOS NO BAÚ...:
Publicado por Tatiane Lima às 03:46
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS

Caçador de Mim - Milton Nascimento

Composição: Luís Carlos Sá e Sérgio Magrão

Por tanto amor
Por tanta emoção
A vida me fez assim
Doce ou atroz
Manso ou feroz
Eu caçador de mim

Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar
Longe do meu lugar
Eu, caçador de mim

Nada a temer senão o correr da luta
Nada a fazer senão esquecer o medo
Abrir o peito a força, numa procura
Fugir as armadilhas da mata escura

Longe se vai
Sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir
O que me faz sentir
Eu, caçador de mim

O QUE TEMOS NO BAÚ...:
Publicado por Tatiane Lima às 03:41
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS
Domingo, 13 de Janeiro de 2008

OLHA - Milton Nascimento


Tu clamas por liberdade
Mas só aquela que te convém
Tu puxas a arma no escuro
E não suportas ninguém feliz

Persegues a quem trabalha
Calúnia, carga e traição
Te julgas o mais experto
Mas és mentira, só ilusão

Depois de passar o tempo
Colhe o deserto que é todo teu
Com todo teu preconceito
Segue pesando que enganas deus

E enganando a ti mesmo
Pois quem trabalha continuou
Em cada sonho suado
Que nem percebes o que custou

Depois de passar o tempo
Colhe o deserto que é todo teu
Com todo teu preconceito
Segue pesando que enganas deus

Enganando a ti mesmo
Pois quem trabalha continuou
Em cada sonho suado
Que nem percebes o que custou
O QUE TEMOS NO BAÚ...:
Publicado por Tatiane Lima às 05:27
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

BOLA DE MEIA, BOLA DE GUDE - 14 Bis



Há um menino, há um moleque,

morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança ele vem pra me dar a mão
Há um passado no meu presente,

o sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assombra o menino me dá a mão
Ele fala de coisas bonitas que eu acredito que não deixarão de existir

 


Amizade,

palavra,

respeito,

caráter,

bondade,

alegria e

amor


Pois não posso,

não devo,

não quero viver como toda essa gente insiste em viver
Não posso aceitar sossegado qualquer sacanagem ser coisa normal
Bola de meia, bola de gude,

o solidário não quer solidão
Toda vez que a tristeza me alcança o menino me dá a mão


ESTOU...: MOLECA
O QUE TEMOS NO BAÚ...: ,
Publicado por Tatiane Lima às 05:51
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS

Mistérios - Milton Nascimento

Composição: Joyce e Maurício Maestro

 

 

Um fogo queimou dentro de mim
Que não tem mais jeito de se apagar
Nem mesmo com toda água do mar
Preciso aprender os mistérios do fogo pra te incendiar
Um rio passou dentro de mim
Que eu não tive jeito de atravessar
Preciso um navio pra me levar
Preciso aprender os mistérios do rio pra te navegar
Vida breve, natureza
Quem mandou, coração?
Um vento bateu dentro de mim
Que eu não tive jeito de segurar
A vida passou pra me carregar
Preciso aprender os mistérios do mundo pra te ensinar

ESTOU...: pronta para me apaixonar...
O QUE TEMOS NO BAÚ...:
Publicado por Tatiane Lima às 05:05
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS
Segunda-feira, 2 de Julho de 2007

Coisas Da Vida

 

Milton Nascimento

Nunca é igual
se for bem natural
se for de coração
além do bem e do mal
coisas da vida
o amor enfim
ficou senhor de mim
e eu fiquei assim
calado, sem latim
coisas da vida
como foi que eu cheguei aqui
quem me diria que esse era meu fim
olho no teu olhar
a festa de estar
de bem com a vida
o luar girou
a sorte me pegou
tesouro
te encontrarei sem garimpar
no ouro da paixão
na febre da paixão
estão em mim
ser o senhor e ser a presa
é um mistério, a maior beleza
amor é dom da natureza
amar é laço que não escraviza
nunca é igual
se for bem natural
se for de coração
além do bem e do mal
coisas da vida. . .

O QUE TEMOS NO BAÚ...:
Publicado por Tatiane Lima às 02:05
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS

"E as lágrimas que choro, branca e calma, Ninguém as vê brotar dentro da alma! Ninguém as vê cair dentro de mim!" FLORBELA ESPANCA

Ganhe dinheiro postando artigos

QUEM SOU...

REVIRAR O BAÚ

 

Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


BAÚ ATUALIZADO

Nos Bailes da Vida - Milt...

Caçador de Mim - Milton N...

OLHA - Milton Nascimento

BOLA DE MEIA, BOLA DE GUD...

Mistérios - Milton Nascim...

Coisas Da Vida

Lua Girou

ENCONTRE NO BAÚ

O QUE TEMOS NO BAÚ...

todas as tags

ÁREA VIP

Boa Sorte / Good Luck

Kid Abelha - Grand Hotel

APENAS MAIS UMA DE AMOR -...

FESTIVAL DE INVERNO BAHIA...

Lenine - Hoje eu quero sa...

Capital Inicial - Primeir...

Todo azul do mar

Flavio Venturini e Beto G...

EXPRESSOS

subscrever feeds

FLASHS DO BAÚ

As imagens POSTADAS aqui foram retiradas da Internet, as que tem autor o nome está divulgado na area de comentário. ás demais se houver autor é só deixar o comentário que eu divulgarei o nome com o maior prazer. Bjs a todos


O meu Blog, "o Báu de Músicas", era denominado " Músicas e Desejos", quando criei tive em mente o objetivo de postar letras de músicas que fazeram, fazem e farão parte de minha vida. O objetivo é o mesmo, mas de nova roupagem. ESPERO QUE GOSTEM! Bjus Tati

Faça a sua parte

ENTRE E COMENTE... TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO BEM VINDOS!!!

SE NÃO ENCONTROU SUA MÚSICA, DEIXE O SEU PEDIDO!