Sábado, 2 de Fevereiro de 2008

Carvão - Ana Carolina

Composição: (Ana Carolina)

Surgiu como um clarão
Um raio me cortando a escuridão
E veio me puxando pela mão
Por onde não imaginei seguir
Me fez sentir tão bem, como ninguém
E eu fui me enganando sem sentir
E fui abrindo portas sem sair
Sonhando às cegas, sem dormir
Não sei quem é você

O amor em seu carvão
Foi me queimando em brasa num colchão
E me partiu em tantas pelo chão
Me colocou diante de um leão
O amor me consumiu, depois sumiu
E eu até perguntei, mas ninguém viu
E fui fechando o rosto sem sentir
E mesmo atenta, sem me distrair
Não sei quem é você

No espelho da ilusão
Se retocou pra outra traição
Tentou abrir as flores do perdão
Mas bati minha raiva no portão
E não mais me procure sem razão
Me deixa aqui e solta a minha mão
Eu fui fechando o tempo, sem chover
Fui fechando os meus olhos, pra esquecer
Quem é você?
Quem é você?
Quem é você?
Você...

O QUE TEMOS NO BAÚ...:
Publicado por Tatiane Lima às 03:37
Link do post | DEIXE SEU RECADO | ADD O BAÚ EM FAVORITOS

QUEM SOU...

REVIRAR O BAÚ

 

Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


BAÚ ATUALIZADO

Always On My Mind - Pet S...

Stay On These Roads

Stay On These Roads

É D'OXUM

ME FAZ BEM

Enquanto Houver Sol

Marvin

Polícia

Miséria S.A.

Pescador de Ilusões

Estrela - Gilberto Gil

SAMBA PRA VINÍCIUS E A GE...

WAVE. TOM JOBIM E TOQUINH...

ENCONTRE NO BAÚ

O QUE TEMOS NO BAÚ...

todas as tags

ÁREA VIP

Boa Sorte / Good Luck

Kid Abelha - Grand Hotel

APENAS MAIS UMA DE AMOR -...

FESTIVAL DE INVERNO BAHIA...

Lenine - Hoje eu quero sa...

Capital Inicial - Primeir...

Todo azul do mar

Flavio Venturini e Beto G...

EXPRESSOS

subscrever feeds

FLASHS DO BAÚ